Já sentiu suas orelhas quentes e vermelhas? Saiba os principais motivos para isso!

- fevereiro 23, 2019




Você certamente já deve ter sentido uma sensação de queimação nas orelhas, e provavelmente já ouviu que o motivo por trás disso era de alguém falando sobre você.





No entanto, essa sensação, que causa muito desconforto, é nada mais do que um fenômeno natural, por vezes inofensivo, e relacionado a emoções ou, em alguns casos, condições de saúde. Normalmente, a sensação de orelha quente e vermelhidão afeta pessoas de peles mais claras, e abaixo você confere algumas das causas.



1 – Emoções

Nossas emoções desempenham um papel importante em algumas mudanças visíveis de nosso corpo. É comum sentirmos as orelhas esquentarem em meio a sentimentos de constrangimento, raiva e medo e à medida que nosso corpo libera adrenalina e noradrenalina, isso gera uma reação interna de vasodilatação, resultando também em aumento de pulso e frequência cardíaca. Em consequência a isso, o rosto poderá ficar vermelho e quente – e não só as orelhas.



2 – Meio ambiente



Mudanças de temperatura, clima e exposição a produtos químicos também podem provocar a sensação de queimação e vermelhidão nas orelhas. Temperaturas frias e vento, por exemplo, podem causar um efeito de congelamento na pele das orelhas, avermelhando-as.



O mesmo ocorre no calor, devido a exposição aos raios ultravioleta vindos do sol. Além da vermelhidão, as orelhas podem ficar dolorosas ao toque, bem como desenvolver erupções cutâneas, pele seca, coceira, descamação, bolhas e inchaço.



3 – Hormônios

Nossos hormônios também podem afetar nossa aparência externa, especialmente quando o assunto é pele. A liberação de certos hormônios pode resultar no aquecimento das orelhas. Por exemplo, problemas com os níveis hormonais relacionados a tireoide podem levar a coceira, vermelhidão e aquecimento das orelhas.



Algo semelhante também pode ser observado quando as glândulas suprarrenais não produzem quantidades suficientes do hormônio adrenalina, que virão acompanhados de outros sintomas como perda de peso, queda da pressão sanguínea e insuficiência renal. Também, no período da menopausa pode ser observado o sintoma de orelhas quentes.



4 – Tratamentos médicos



Tratamentos para algumas condições médicas como a angina, diabetes, pressão alta e câncer, também podem resultar na sensação de orelhas quentes. As causas estão relacionadas a efeitos colaterais indesejados vindos dos medicamentos, que podem ser ainda mais fortes quando combinados com álcool.



5 – Síndrome da Orelha Vermelha

Trata-se de uma condição médica rara que faz com que uma ou ambas as orelhas fiquem vermelhas e sejam acompanhadas de dor e sensação de calor e ardor. Os sintomas podem aparecer por um curto período ou ser duradouro, e podem ocorrer uma ou várias vezes por dia. Ela normalmente atinge o paciente sem um motivo específico e a qualquer momento, podendo também ser estimulada por fatores internos e externos.



A síndrome também provoca outros sintomas como tosse, espirros, dor ao virar a cabeça e mudanças de temperatura. Embora as causas sejam pouco conhecidas, sugere-se que condições subjacentes como enxaquecas, doenças articulares e distúrbios da coluna vertebral estejam relacionadas.



Há ainda uma série de outras condições de saúde associadas a inflamação que podem provocar o rubor nas orelhas. Também, há os efeitos dos vasos sanguíneos, causados por vasodilatação, que podem ocorrer em qualquer parte do corpo que seja bem irrigada por sangue e com uma menor camada de gordura, o que torna a vermelhidão mais evidente.


[ Fonte: Doctor Health / Inspirandoo ]

[ Fotos: Reprodução / Segredos do Mundo / Prime ]

Advertisement