Qual a diferença entre meningite viral e bacteriana? - Tudo pela Cura

Qual a diferença entre meningite viral e bacteriana?

- 2:44 PM


A diferença entre meningite viral e bacteriana é que as virais são provocadas por vírus e normalmente apresentam sintomas mais brandos que as bacterianas, que são mais graves e provocadas por bactérias.



Os sintomas da meningite viral são parecidos com os da gripe, com febre e dor de cabeça, e a nuca fica pouco rígida e dolorida.



A maioria dos casos de meningite viral evoluem sem complicações e o tratamento visa apenas controlar os sintomas através de medicamentos para dor e febre.




Já a meningite bacteriana é bem mais perigosa que a meningite viral, podendo levar à morte se não for diagnosticada precocemente. O tratamento é feito com medicamentos antibióticos específicos para o tipo de bactéria.





Os tipos de meningites bacterianas mais comuns são causados pelas bactérias meningococo, pneumococos e haemophylus.





Dentre os 3 tipos, a meningite meningocócica é a que se transmite mais facilmente pela via respiratória e também a mais temível das meningites bacterianas, pois apresenta um quadro clínico mais grave e de evolução mais rápida.





Já a pneumocócica e a haemophylus são menos frequentes, uma vez que as vacinas disponíveis são bastante eficazes na prevenção desses dois tipos de meningite.



Veja também: O que é meningite?; Quais são os tipos de meningite?



Quais os sintomas da meningite viral e bacteriana?




A meningite viral caracteriza-se pelo aparecimento súbito de:

Dor de cabeça;
Fotofobia (sensibilidade à luz);
Rigidez de nuca;
Náuseas;
Vômitos;
Febre.


Já a meningite bacteriana apresenta como principais sinais e sintomas:




Crianças com mais de 1 ano de idade e adultos:



Febre alta com início súbito;
Dor de cabeça intensa e contínua;
Vômitos em jato;
Náuseas;
Rigidez de nuca;
Pequenas manchas vermelhas na pele (meningite meningocócica);
Bebês com menos de 1 ano de idade:
Moleira tensa ou elevada;
Irritabilidade;
Inquietação;
Choro agudo e persistente;
Rigidez corporal com ou sem convulsões.



Doutora: Nicole Giovanni
Advertisement