Jambo – a Fruta de MIL Benefícios.

- 10:34 AM


Jambo

Uma fruta rica em minerais como o ferro e o fósforo, em proteínas e vitaminas, de uso medicinal para várias doenças como diabetes e prisão de ventre, o jambo é de uma riqueza única que você vai conhecer agora:

Vamos conhecer os benefícios do jambo, além das características da fruta e da planta, o jambeiro.

Índice

Os benefícios do jambo
Desnutrição
Imunidade baixa
Diabetes
Excesso de peso
Retenção hídrica
Perda de memória
Prisão de Ventre
Resfriados
Jambo – a fruta do jambeiro
Os tipos de jambo no Brasil
O cultivo do jambeiro
Receita de compota de jambo
Os impactos das frutíferas de fora

Os benefícios do jambo

Diz a medicina popular, brasileira e do sudeste asiático, que os jambos são curativos pois, muito salutares para se buscar o reequilíbrio das funções gastrointestinais e depurativas do nosso corpo. Assim, a ingestão do jambo é reconhecida como boa para os casos de:

Desnutrição
Pois o jambo é rico em nutrientes, é uma boa fonte de ferro e fósforo, proteínas, rico em pró-vitamina A (betacaroteno) e vitaminas do complexo B (B1 – tiamina e B2 – riboflavina). Em 100g de polpa, tem 50 calorias.

Imunidade baixa
Por ser uma fruta rica em antioxidantes, seus benefícios se estendem ao fortalecimento do sistema imunológico, pois o combate os radicais livres causadores de doenças e o envelhecimento precoce.

Diabetes
Os polifenóis (antioxidantes) presentes nesta fruta ajudam na prevenção da diabetes tipo 2 porque contribuem na regulação da atividade metabólica do corpo, prevenindo doenças como diabetes e outros distúrbios hormonais ou doenças metabólicas.

Excesso de peso
É uma fruta de baixíssimo teor calórico, por isso dá pra enganar a fome e a vontade de comer doce comendo um jambo e evitando outros alimentos doces, gordurosos e super calóricos. Além disso, o jambo por possuir efeito diurético reduz a sensação de inchaço que a retenção hídrica causa.

Retenção hídrica
Por ser uma fruta muito rica em água, o jambo estimula a micção e o fluxo urinário, ajudando esvaziar e higienizar a bexiga, evitando a retenção hídrica.

Perda de memória
Por ser rica em antioxidantes o jambo é fruta que ajuda no combate ao envelhecimento celular, uma das causas das doenças degenerativas que causam a perda da memória.

Prisão de Ventre
Porque rica em fibras, o jambo ajuda no bom funcionamento do trânsito intestinal.

Resfriados
Uma outra recomendação de uso medicinal desta fruta é no caso de resfriados catarrais, com tosses e dores de cabeça. Para este fim se recomenda o xarope feito com as raízes do jambo ou mesmo o chá forte da raiz seca.

Tosses
Dor de cabeça
Catarro pulmonar
Jambo – a fruta do jambeiro

Uma fruta com formato ovóide ou até de sino, de pele fina, polpa suculenta de cor branca, saborosa e aromática, com cores variadas, conforme a espécie e o tempo de maturação (branca, verde, rósea, amarela e vermelho-escura) que é comida “in natura”, em doces, geléias, compotas e até como aguardente, que é produzido pela fermentação da polpa.

O jambo é a fruta do jambeiro, árvore tropical da família das Myrtaceae, a Syzygium jambos. Tem jambo-vermelho (Syzygium malaccense), jambo-amarelo (Syzygium jambos) e jambo-rosa, (Syzygium jambolana) e até um jambo-branco, albino, o Syzygium aqueum que é raro aqui no Brasil. E, saiba que todos os Syzygium sp também são conhecidos como Eugenia sp, ok? Para não confundir, claro.

Os tipos de jambo no Brasil
Para nós valem as três espécies de jambo: amarela, vermelha e rosa, todas originárias da Índia e fartamente distribuídas no Brasil em diversos biomas. Afinal, jambo é parente de outras frutas nossas como a goiaba, a pitanga, o jamelão, a jabuticaba, uvaia, grumixama e um montão de outras espécies tropicais muito conhecidas.

Sobre o jambo-branco, dê uma olhada neste vídeo do Globo Rural, aqui

O cultivo do jambeiro
O jambeiro brota de semente, sem grandes dificuldades, desde que em clima tropical (úmido e quente). Suas frutas são preferidas de pássaros e animais diversos e, este é o transporte das sementes para a reprodução.

Um pé de jambo pode produzir por mais de 20 anos e, segundo alguns, está é uma árvore longeva, com mais de século pela frente. Pode atingir até os 15 m de altura, com uma copa cônica e bem densa – quer dizer que é uma árvore robusta de puro verde – com as folhas verde-brilhante e grandes flores muito cheirosas que, conforme a espécie, podem variar do branco ao rosa-púrpura.

Esta é uma árvore usada como ornamental, em praças e ruas brasileiras pois, além de portentosa é super-atrativa para os passarinhos.

Via: greenme
Advertisement