Batata-doce: saiba como ela ajuda no tratamento da gastrite, refluxo e azia.

- 5:38 PM



O estômago é um órgão localizado entre o esôfago e o duodeno.

Nele os alimentos recebem ácido clorídrico, que tem papel importante na digestão.

Todavia, é comum sentirmos algum desconforto estomacal.

Segundo estudo da Universidade Católica de Pelotas, Rio grande do Sul, cerca de 44% da população sofre com queimação no estômago, sensação de inchaço abdominal, dores e refluxo.

Powered by Ad.Plus

Várias são as doenças que podem causar esses sintomas, porém trataremos aqui de três especificamente.

Gastrite, refluxo e azia.

Gastrite
É uma inflamação, infecção ou erosão do revestimento do estômago.

Ela pode ser de dois tipos:

a aguda, que dura pouco tempo;
e a crônica, que pode durar meses e até anos.
Geralmente a causa mais comum da gastrite é o enfraquecimento da mucosa que protege a parede estomacal.



Com isso, os sucos digestivos produzidos pelo estômago causam danos ao tecido que reveste o órgão.

Refluxo
É uma condição gastroesofágica que ocorre quando a comida volta para a região esofágica junto com o ácido gástrico.

Geralmente esse problema surge quando há o consumo exagerado de alimentos muito gordurosos, bebidas com cafeína, molho de tomate, chocolate, cebola, entre outros.

Azia
A azia caracteriza-se pela sensação de queimação e dor na região do peito ocasionada pelo ácido gástrico que sobe pelo esôfago, podendo atingir a faringe

Ela ocorre quando as válvulas do estômago ficam um pouco abertas após o consumo dos alimentos.

Geralmente essa condição aparece quando o indivíduo consome muita gordura ou come depressa, sem fazer a mastigação correta.

A azia pode ocorrer de maneira frequente ou ocasional.

Quando, porém, interfere na qualidade de vida, ela se torna um problema grave.

Geralmente, quando ocorre um quadro de queimação ou desconforto estomacal as pessoas recorrem à farmácia.

Porém, esse problema pode ser contornado de maneira natural, com um ingrediente barato.



A receita a seguir é muito simples.

Você irá fazer uma misturinha muito eficaz usando batata-doce.

Benefícios da batata-doce
A batata-doce é rica em carboidratos, fibras alimentares, vitaminas A, B1 e B5, cálcio, ferro, fósforo, potássio e sódio.

Ela possui diversos benefícios:

Ajuda o aparelho digestivo
A batata-doce proporciona inúmeros benefícios para o aparelho digestivo.

O primeiro deles é regular o funcionamento do intestino e evitar a prisão de ventre.

Isso é possível devido às suas fibras.

Além disso, ajuda a eliminar os metais pesados, como o mercúrio, o que é muito importante para a boa digestão.

Auxilia nas úlceras do estômago
As vitaminas e fibras da batata evitam a prisão de ventre e, consequentemente, o acúmulo de ácidos, que pode causar úlceras estomacais.

Ela ajuda na cura do problema, aliviando as dores e a inflamação.

Combate inflamações
A batata-doce possui vitamina C, betacriptoxantina, vitamina B6, betacaroteno, e manganês.

Esses compostos ajudam a combater as inflamações

Todos eles auxiliam tanto nos problemas internos como externos e ajudam a combater doenças inflamatórias.

Controla o açúcar no sangue
Embora seja um carboidrato, a batata-doce auxilia no controle da taxa de açúcar no sangue, já que tem uma absorção lenta e libera o açúcar aos poucos.

A combinação de carotenoides, ácido clorogênico e fibras faz com que a resistência à insulina seja diminuída, perfeito para prevenir a diabetes.

Controla o colesterol
Pelo fato de ser rica em fibras, principalmente em pectina, a batata-doce auxilia no controle dos níveis de colesterol.

Com isso, previne contra doenças cardiovasculares como infarto, derrame, entre outras.

Fornece energia
A batata-doce, além de auxiliar no aumento da performance de atletas, pode ser usada para melhorar a disposição na rotina de trabalho.

Isso se dá pelo fato de ser rica em carboidratos saudáveis, aqueles que não alteram os níveis de açúcar no sangue.

Ajuda a emagrecer
As fibras alimentares da batata-doce garantem saciedade, auxiliando, portanto, na perda de peso.

Como preparar esse remédio
Ingredientes:

1 batata-doce de tamanho médio
600 ml de água filtrada
Modo de preparo:

Descasque a batata-doce, corte e coloque em uma bacia com um pouco de água para não escurecer.

Em seguida, leve para bater no liquidificador com a água filtrada até obter uma mistura homogênea.

Na sequência, coe a mistura em um pano de algodão sobre uma vasilha.

Pressione bem o pano para coar todo o líquido – ele deve cair dentro de uma vasilha.

Importante: as mãos devem estar bem limpas para esse processo.

 Depois, deixe o líquido descansar por duas horas.

Após esse tempo você irá notar que, além do líquido, no fundo da vasilha tem conteúdo sólido, que é o polvilho da batata-doce.

Você pode deixar o polvilho secar no sol, se possível.

Caso contrário, coloque em um armário para fazer a secagem, vai demorar um pouco mais.

Quando estiver bem seco, misture todo o polvilho e armazene em um vidro seco, esterilizado e com tampa.

 Para consumir, dissolva uma colher (chá) do polvilho de batata-doce em 200 ml de água.

E tome em jejum, 30 minutos antes do café da manhã.

Depois, tome outro copo antes do almoço e do jantar, totalizando três ao dia.

Em poucos dias, você vai estar livre dos seus problemas estomacais.

Via:Tudo Pela Cura
Advertisement