Chá anti-inflamatório e antitumoral de abacaxi, cúrcuma e gengibre.

- 1:16 PM


Esta é uma bebida superpotente para ajudar a tratar infecções do trato respiratório, doenças degenerativas e câncer.

Junte o que há de melhor e terá um chá que é mais que um simples chazinho da tarde.

Trata-se de um chá que é antioxidante, anti-inflamatório, antibiótico e antitumoral.

Isso porque seus ingredientes são mais que especiais.

O abacaxi com a casca, por exemplo, é rico em bromelina.

A bromelina é um princípio ativo do abacaxi que traz diversos benefícios para saúde.

Está presente no talo do abacaxi e também na casca, normalmente as partes que vão para o lixo.

O ideal mesmo é fazer sucos e chás usando todas as partes dessa fruta.

Entre os principais benefícios do abacaxi, podemos destacar:

Favorece a digestão
Regula o sistema imunológico
É anti-inflamatório
Dissolve o muco ou catarro dos pulmões, facilitando a expectoração
Atenua significativamente os sintomas da sinusite
Tem ação emagrecedora, pois acelera o metabolismo
É antidiarreico
Evita a trombose e melhora o sistema cardiovascular
Atua na prevenção de tumores
É rico em vitamina C e por isso é um excelente antioxidante
Aumenta a produção de colágeno, evitando o envelhecimento precoce e atuando na regeneração de tecidos como nos casos de cortes, queimaduras e fraturas.
Já a cúrcuma, possui grande poder anti-inflamatório e antioxidante.

É rica em vitaminas A, C e E, além de minerais como cálcio, ferro, potássio e aminoácidos.

O ideal, segundo doutor Dayan Siebra, é consumir três gramas de cúrcuma por dia, o que equivale a uma colher de chá.

Principais ações da cúrcuma:

Melhora a saúde do coração
Reduz a ocorrência de doenças neurodegenerativas como Alzheimer e parkson
Potencializa as funções cerebrais, graças às suas propriedades neuroprotetoras
Melhora a cognição e a memória
Previne a ocorrência de alguns tipos de câncer
Ajuda no tratamento da artrite
Ajuda a emagrecer, por ser um potente anti-inflamatório
Melhora todo sistema gastrointestinal
E o gengibre, com suas inúmeras propriedades medicinais, não fica atrás:

É bastante utilizado em todo o mundo para problemas respiratórios
Devido ao seu poder antibiótico, é muito potente em inibir o desenvolvimento de bactérias e de vírus que causam infecções pulmonares como pneumonia, tuberculose, bronquite
É também muito eficiente contra as tosses.

Tem uma ação antioxidante importante, combatendo os radicais livres.
Protege o estômago e ajuda a combater a bactéria H. pylori.
Também tem ação antitumoral para determinados tipos de câncer
O gengibre também tem a função de fazer com que a cúrcuma seja melhor absorvida

Receita do chá de abacaxi, cúrcuma e gengibre:
Ingredientes:

1 rodela grossa de abacaxi com a casca e o talo
1 colher (chá) de cúrcuma ralada
1 colher (chá) de gengibre ralado
250 ml de água
Modo de preparo:

Após fazer a higienização do abacaxi, corte uma rodela em pequenos pedaços com casca e tudo.
Coloque a água para ferver.

Quando a água começar a levantar fervura coloque o abacaxi com casca, a cúrcuma e o gengibre ralados.

Diminua o fogo e deixe ferver por cinco minutos.
Após esse tempo, desligue o fogo e tampe.

Após esfriar ou ficar morno, é só coar e estará prontinho para ser consumido.
Você pode tomar quente, morno, gelado – vai do gosto de cada um.

Pode ainda adoçar com mel, caso ache necessário e não tenha restrição quanto ao consumo do mel.

Principais benefícios deste chá:

É um poderoso anti-inflamatório
É anticancerígeno
Possui ação emagrecedora
É excelente para afecções do trato respiratório
Tem ação antibiótica
É um potente antioxidante
Dicas importantes:

Procure usar ingredientes orgânicos.

Caso não seja possível, lave bem a fruta e as raízes com uma escovinha e deixe de molho em água com hipoclorito e depois no bicarbonato de sódio.

Ou, se não, use este truque para eliminar agrotóxicos.

Mulheres grávidas não devem tomar este chá.

Pessoas alérgicas ao abacaxi, à cúrcuma e/ou ao gengibre também não podem consumir este chá.

Hipertensos devem consumir gengibre moderadamente.

Pessoas que têm pressão muito baixa também devem evitar o gengibre.

Os diabéticos precisam ter cuidado com a ingestão do gengibre, pois diminui muito o açúcar do sangue e isso pode causar uma crise de hipoglicemia.

O ideal é não consumir.

Pessoas que fazem uso de anticoagulantes devem manter distância do gengibre e do açafrão.

A bromelina contida no abacaxi pode interagir com medicamentos antidepressivos, anticonvulsivantes e antibióticos.

Portanto, se você faz uso desses medicamentos é melhor evitar o abacaxi.

Quem tem pedras nos rins e na vesícula não pode consumir a cúrcuma.

Veja outros casos em que não se deve fazer uso da cúrcuma.

Procure sempre seu médico nutricionista para que ele avalie melhor, pois cada pessoa é única e ele vai saber dizer se no seu caso precisa apenas consumir esses ingredientes em pequena quantidade ou se é necessário manter total distância.

Via: curapelanatureza
Advertisement