Estes 6 alimentos fortalecem o cérebro e evitam falhas na memória - Tudo pela Cura

Estes 6 alimentos fortalecem o cérebro e evitam falhas na memória

- 3:45 PM




 

Conheça agora os seis melhores alimentos para “turbinar” o cérebro, sendo ideais para pessoas que sofrem com a perda de memória.

O mundo moderno tem simplesmente destruído a mente das pessoas.

Estamos passando pela chamada era da informação, onde somos bombardeados com toneladas de todo tipo de poluição visual e sonora.

Seja na internet, na TV ou mesmo na rua, o nosso cérebro precisa trabalhar cada vez mais, afim de processar o enorme volume de informações que nos é repassado todos os dias.

Nesse sentido, as doenças ligadas ao cérebro têm se proliferado, com a falta de memória sendo um dos sintomas mais comuns de falha cerebral.

Contudo, a natureza também disponibiliza suporte para o cérebro humano.

 Nesse artigo nós apresentaremos três tipos de alimentos que possuem nutrientes capazes de turbinar o cérebro e impedir falhas como a falta de memória.

Confira!

Os 6 alimentos que previnem a perda de memória

Salmão e/ou atum

Em primeiro lugar, apresentamos os campeões do ômega-3.

Consumir carne de peixes como salmão e atum é um hábito essencial para quem deseja ter um cérebro saudável e uma mente coesa.

Acontece que o ômega-3 presente na carne de peixes de águas frias como esses, é essencial para tonificar as estruturas cerebrais e os neurônios.

Nesse sentido, com as “vias pavimentadas” pelo ômega-3, as informações transitam com maior velocidade pelo cérebro.

Beterraba

Os nitratos presentes na beterraba melhoram muito a circulação sanguínea.

Analogamente, a melhoria na circulação provocada pelo consumo de beterraba faz com que o fluxo sanguíneo do cérebro melhore, afetando positivamente todas as funções cerebrais.

Inclusive, há uma tradição popular que diz que a beterraba é “boa para o sangue” e, de fato, isso é verdade.

Portanto, para manter um cérebro saudável e uma memória firme, é interessante beber pelo menos um copo de suco de beterraba a cada dois dias.

Alimentos verdes

Por fim, temos aqueles que são recomendados desde a infância: os alimentos verdes.

Brócolis, alface, couve, coentro, espinafre, rúcula, dentre outros, são clássicos componentes de dietas balanceadas e ricas em nutrientes.

Além disso, todos os vegetais são ricos em vitamina K e ácido fólico, substâncias essenciais para a manutenção da saúde cerebral.

O ácido fólico, por exemplo, é metabolizado juntamente com a vitamina B12, promovendo uma otimização das funções cognitivas, sendo importante especialmente para pessoas que estão na terceira idade.

Alecrim

Esta saborosa erva contém ácido carnósico, que impede a neurodegeneração do cérebro. 

Suas propriedades antioxidantes diminuem a incidência de radicais livres que prejudicam o cérebro (causam degeneração).

O alecrim também ajuda a prevenir derrames, doença de Alzheimer e o envelhecimento regular do cérebro.

Chocolate amargo

É importante saber que o único tipo de chocolate que é realmente benéfico, principalmente para o cérebro, é o chocolate amargo.

O ideal é que ele seja composto, no mínimo, por 70% de cacau. 

O chocolate amargo tem propriedades anti-inflamatórias que ajudam a manter a pressão arterial baixa e a aumentar a quantidade de sangue que flui para o coração e o cérebro. 

Nozes

Como sabemos, as nozes são um excelente alimento para o coração.

E não é diferente quando o assunto é a saúde do cérebro.

A razão se deve aos ácidos graxos que contêm (ômega-3 e ômega-6), vitamina B6 e vitamina E, que também atuam na manutenção da saúde do cérebro.

Fonte:Cura Pela Natureza

Advertisement