Conheça as propriedades e benefícios do palo santo - Tudo pela Cura

Conheça as propriedades e benefícios do palo santo

- 2:35 PM

 




Você já ouviu falar no palo santo? Esse tipo de madeira possui importantes propriedades benéficas ao organismo humano.

Palo santo ou pau santo é a forma como os pedaços da árvore Bursera graveolens são chamados ao redor do mundo.


Essa espécie de árvore é originária da região da América Central e Caribe, mas é muito comum também como na América do Sul.


Esse produto natural já era usado por povos nativos da América bem antes da chegada de espanhóis, ingleses, franceses e portugueses.


A boa fama do palo santo se dá pelos usos e propriedades desse material, muito comum, especialmente nas culturas Asteca e Inca.



A casca da Bursera graveolens possui propriedades aromáticas e quando é queimada gera agradáveis fragrâncias de pinha, menta e limão.


Por esse motivo, o produto é usado como incenso e aromatizante há séculos.


Contudo, a fumaça do palo santo não serve apenas para aromatizar, mas também tem poderes medicinais.


Neste artigo, nós vamos falar desses “poderes”, explicando para o que serve essa madeira peculiar.


Além disso, informaremos quais são as melhores formas de utilizar o Palo Santo e como identificar o produto genuíno.



Os benefícios do palo santo

Como dissemos acima, há muitos séculos o palo santo é usado por povos ancestrais, e esse costume permanece nos dias de hoje.


Os povos antigos usavam as cascas da Bursera graveolens para afastar maus espíritos, para aliviar o estresse, curar dores de cabeça e até abrandar doenças respiratórias como gripe, resfriado e bronquite.


Veja abaixo alguns benefícios do Pau Santo que hoje são comprovados.


Alivia a dor

Segundo um estudo realizado em 2017, o óleo essencial do palo santo pode combater dores.



Acontece que a substância possui limoneno, um terpeno presente também no limão que possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias.


Inclusive, o aroma de limão que a madeira exala tem relação com essa substância.


Por causa dessa propriedade, tanto o vapor de palo santo quanto os seus óleos essenciais são usados para combater diversos tipos de dores.


Desobstrui as vias aéreas

Os antigos já atestam há séculos que o vapor do palo santo é capaz de acabar com a constipação nasal, desobstruindo as vias aéreas.


Não se sabe ao certo o que causa esse benefício, mas muito provavelmente a temperatura do vapor aliada às propriedades da madeira tragam o efeito positivo.


De toda forma, inalar vapor de Pau Santo também é bom para combater doenças respiratórias, como citamos anteriormente.


Pode abrandar quadros de estresse, ansiedade e/ou depressão

Os conhecidos efeitos calmantes do palo santo também são atribuídos ao limoneno.


Em um outro estudo, desta vez realizado em 2013, foi comprovado que quando inalada a substância age diretamente no cérebro, dispersando as concentrações de cortisol, o hormônio que provoca o estresse.


Com menos cortisol no organismo, o corpo passa a secretar mais serotonina e outros hormônios responsáveis pelo bem-estar.


Sendo assim, o indivíduo não só fica mais calmo, como também passa a estar menos propenso a desenvolver ansiedade e depressão.


É um repelente eficaz contra mosquitos

Um outro grande costume dos nativos sul-americanos é usar a fumaça do palo santo para afastar mosquitos e outros insetos.


Os fortes aromas do incenso atordoam os incômodos visitantes, fazendo-os se afastarem.


Como saber se o palo santo é genuíno?

Apenas o palo santo verdadeiro proporciona todos os benefícios citados ao longo do artigo.


Alguns outros tipos de madeira são vendidas como sendo o produto da Bursera graveolens, mas na verdade não são.


O palo santo verdadeiro é extraído apenas de árvores mortas, e geralmente tem origem no Peru, Equador e Chile.


É necessário estar atento a essas informações antes de comprar o produto.


Como usar a especiaria?

O palo santo deve ser usado, preferencialmente, de duas maneiras: como incenso ou na forma de óleo essencial.


O incenso do palo santo nada mais é que a fumaça que emerge da madeira queimada e pode ser usada para perfumar ambientes ou em inalações.


Já o óleo essencial extraído do produto é uma especiaria preciosa fabricada por artesãos e especialistas, que pode ser usada para massagens e perfumaria.


Não existem contraindicações para o uso do palo santo, exceto em casos de pessoas que tenham sensibilidade ao produto.


Gestantes, lactantes e pessoas que sofrem com problemas respiratórios agudos, por exemplo, não podem usar nenhum tipo de incenso, incluindo o de palo santo.


Se durante o uso do pau santo efeitos adversos forem sentidos, o uso deve ser interrompido e a pessoa deve se dirigir a um pronto socorro.


Fonte:  Cura Pela Natureza

Advertisement