Remédios caseiros para evitar o ronco e ter uma boa noite de sono - Tudo pela Cura

Remédios caseiros para evitar o ronco e ter uma boa noite de sono

- 4:59 PM

 




Algumas soluções naturais que podem ajudar a aliviar a intensidade do ronco e até mesmo tratar o problema.

Você ou alguém da sua casa tem o hábito de roncar durante o sono?


Embora não seja um problema grave, é uma condição irritante que pode indicar problemas de saúde.


O ronco ocorre quando se respira através da boca e do nariz enquanto dormimos e o ar o ar não consegue fluir livremente por esses órgãos.


Os principais fatores relacionados à limitação do fluxo de ar nas vias aéreas superiores e ao ronco são:


Sobrepeso: quando há excesso de gordura ao redor do pescoço e garganta, os tecidos adjacentes se “dobram” e limitam o fluxo de ar.

Idade: com o passar do anos, a musculatura fica mais flácida e isso permite uma maior vibração dos tecidos;

Álcool e medicações: o consumo de álcool e/ou medicamentos relaxa a musculatura corporal deixando-a mais flácida;

Dormir de barriga para cima: ao dormir nessa posição a língua cai” sobre a garganta, diminuindo o fluxo de ar na região;

Doenças respiratórias, alergias e tabagismo: essas condições bloqueiam a passagem de ar pelo nariz, aumentando a respiração pela boca, causando, assim, o ronco.



A boa notícia é que alguns remédios caseiros podem ajudar a aliviar a intensidade do ronco e até mesmo tratar o problema.



Confira!


Chá de gengibre e mel

O gengibre atua como um agente anti-inflamatório e antibacteriano, aumentando a secreção de saliva.


Dessa forma, ajuda a acalmar a garganta e, consequentemente, a aliviar o ronco.


O mel possui ação anti-inflamatória que ajuda a liberar as vias aéreas, evitando o ronco.



De acordo com estudo da Universidade Oxford, no Reino Unido, o mel ajuda a aliviar infecções no trato respiratório.


Recomenda-se tomar este chá duas vezes ao dia para se livrar do problema.


Eucalipto

O eucalipto contém taninos, eucaliptol e citronelol, substâncias que proporcionam ação descongestionante, broncodilatadora e anti-inflamatória.


Por isso, ajuda a eliminar a secreção e a abrir as vias nasais para que você possa respirar melhor . 



Devido a essas propriedades, ajuda na eliminação da secreção nasal e facilita a respiração. 


Segundo estudo da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o eucalipto é eficaz no tratamento de infecções respiratórias agudas (IRAS).


Para usá-lo, faça da seguinte maneira:


Esquente um pouco de água, coloque em uma bacia e acrescente algumas folhas de eucalipto ou óleo essencial.


Em seguida, inale o vapor liberado – cuidado para não se queimar.


Sálvia

A sálvia possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.


Por isso, ajuda a prevenir problemas respiratórios e auxilia contra o ronco  causado por excesso de muco na garganta. 


Coloque uma xícara de água em uma panela (ou leiteira), acrescente um punhado de folhas sálvia e ferva por cinco minutos.


Adicione uma colher (chá) de vinagre branco e faça gargarejos antes de dormir.


Óleo essencial de hortelã

O óleo essencial de hortelã tem ação anti-inflamatória e age como expectorante.


Dessa forma, sua inalação ajuda a desobstruir as vias nasais e alivia a inflamação na garganta.


Ferva um pouco de água, pingue algumas gotas do óleo e inale o vapor.


Urtiga

Quando os roncos são causados por alergias e/ou problemas respiratórios, o chá de urtiga pode te ajudar.


A planta possui propriedades anti-inflamatórias, adstringentes, antissépticas, estimulantes, vasodilatadoras.


Por isso, o chá vai agir como um anti-histamínico, ajudando a aliviar infecções respiratórias.


ferva uma xícara de água, adicione folhas secas de urtiga, tampe e deixe em infusão por dez minutos.


Tome antes de dormir.


Dicas para prevenir e combater o ronco

Além dos remédios caseiros, alguns hábitos podem te ajudar a evitar o ronco enquanto dorme.


Veja quais são:


Durma de lado: pois assim o ar irá fluir normalmente em suas vias aéreas, já que se dormir de barriga para cima o ar não consegue circular;

Utilizar travesseiros extra: assim a cabeça vai ficar mais alta que o resto do corpo e  o conduto de ar ficará aberto, evitando o ronco;

Perder peso: caso esteja acima do peso procure emagrecer, pois a obesidade é uma das causas do ronco;

Pare de fumar: o tabaco (cigarro) possui substâncias que inflamam as vias respiratórias superiores;

Evite bebida alcoólica antes de dormir: o consumo de álcool relaxa a língua, as amídalas e o céu da boca, causando uma vibração ruidosa quando respiramos;

Faça exercícios: pratique no mínimo 30 minutos de atividade física por dia e logo vai notar as mudanças;

Use um adesivo nasal: nas farmácias é possível encontrar um adesivo que cola no nariz e que ajuda a facilitar a passagem de ar nas narinas, melhorando a respiração.




Fonte:  Cura Pela Natureza

Advertisement